Instalar o aplicativo

O Kaspersky Endpoint Security pode ser instalado a partir da linha de comando em um dos seguintes modos:

Para instalar o aplicativo ou fazer um upgrade de uma versão anterior do aplicativo:

  1. Execute o interpretador da linha de comando (cmd.exe) como um administrador.
  2. Vá até a pasta onde o pacote de distribuição do Kaspersky Endpoint Security está localizado.
  3. Execute o seguinte comando:

    setup_kes.exe /pEULA=1 /pPRIVACYPOLICY=1 [/pKSN=1|0] [/pALLOWREBOOT=1|0] [/pSKIPPRODUCTCHECK=1|0] [/pSKIPPRODUCTUNINSTALL=1|0] [/pKLLOGIN=<c> /pKLPASSWD=<senha> /pKLPASSWDAREA=<escopo da senha>] [/pENABLETRACES=1|0 /pTRACESLEVEL=<nível de rastreamento>] [/s]

    ou

    msiexec /i <nome do kit de distribuição> EULA=1 PRIVACYPOLICY=1 [KSN=1|0] [ALLOWREBOOT=1|0]  [SKIPPRODUCTCHECK=1|0] [SKIPPRODUCTUNINSTALL=1|0] [KLLOGIN=<nível de rastreamento> KLPASSWD=<senha> KLPASSWDAREA=<escopo da senha>] [ENABLETRACES=1|0 TRACESLEVEL=<nível de rastreamento>] [/qn]

    EULA=1

    A ceitação dos termos do Contrato de Licença do Usuário Final. O texto do Contrato de Licença está incluído no kit de distribuição do Kaspersky Endpoint Security.

    A aceitação dos termos do Contrato de Licença de Usuário Final é necessária para instalar o aplicativo ou para atualizar uma versão do aplicativo.

    PRIVACYPOLICY=1

    Aceitação da Política de Privacidade. O texto da Política de Privacidade está incluído no kit de distribuição do Kaspersky Endpoint Security.

    Para instalar o aplicativo ou atualizar a versão do aplicativo, aceite a Política de Privacidade.

    KSN

    Acordo ou recusa em participar da Kaspersky Security Network. Se nenhum valor for definido para este parâmetro, o Kaspersky Endpoint Security solicitará a confirmação do seu consentimento ou recusa em participar da KSN quando o Kaspersky Endpoint Security for iniciado pela primeira vez. Valores disponíveis:

    • 1 – concordo em participar da KSN.
    • 0 – não aceito participar da KSN (valor padrão).

      O pacote de distribuição do Kaspersky Endpoint Security é otimizado para uso com a Kaspersky Security Network. Se você optar por não participar da Kaspersky Security Network, atualize o Kaspersky Endpoint Security assim que a instalação for concluída.

    ALLOWREBOOT=1

    Reinício automático do computador, se necessário após a instalação ou atualização do aplicativo. Se nenhum valor for definido para esse parâmetro, a reinicialização automática do computador é bloqueada.

    Não é necessário reiniciar ao instalar o Kaspersky Endpoint Security. A reinicialização será necessária apenas se você precisar remover aplicativos incompatíveis antes da instalação. A reinicialização também poderá ser necessária quando a versão do aplicativo for atualizada.

    SKIPPRODUCTCHECK=1

    Desativando a verificação de software incompatível. A lista de softwares incompatíveis está disponível no arquivo incompatible.txt que está incluído no kit de distribuição. Se nenhum valor for definido para esse parâmetro e um software incompatível for detectado, a instalação do Kaspersky Endpoint Security será encerrada.

    SKIPPRODUCTUNINSTALL=1

    Desative a remoção automática de software incompatível detectado. Se nenhum valor for definido para esse parâmetro, o Kaspersky Endpoint Security tentará remover o software incompatível.

    KLLOGIN

    Defina o nome de usuário para acessar os recursos e configurações do Kaspersky Endpoint Security (o componente Proteção por senha). O nome de usuário é definido junto com as configurações KLPASSWD e KLPASSWDAREA. O nome de usuário KLAdmin é usado por padrão.

    KLPASSWD

    Especifique uma senha para acessar os recursos e as configurações do Kaspersky Endpoint Security (a senha é especificada em conjunto com os parâmetros de KLLOGIN e KLPASSWDAREA).

    Se você especificou uma senha mas não especificou um nome de usuário com o parâmetro KLLOGIN, o nome de usuário KLAdmin é usado por padrão.

    KLPASSWDAREA

    Especifique o escopo da senha para acessar os recursos e as configurações do Kaspersky Endpoint Security. Quando um usuário tenta executar uma ação incluída nesse escopo, o Kaspersky Endpoint Security solicita as credenciais da conta do usuário (parâmetros KLLOGIN e KLPASSWD). Use o caractere ";" para especificar vários valores. Valores disponíveis:

    • SET – modificar as configurações do aplicativo.
    • EXIT – sair do aplicativo.
    • DISPROTECT – desativar componentes de proteção e interromper tarefas de verificação.
    • DISPOLICY – desativar a política do Kaspersky Security Center.
    • UNINST – remover o aplicativo do computador.
    • DISCTRL – desativar componentes de controle.
    • REMOVELIC – remover a chave.
    • REPORTS – visualizar relatórios.

    ENABLETRACES

    Ativar ou desativar rastreamentos de aplicativos. Depois que o Kaspersky Endpoint Security inicia, ele salva os arquivos de rastreamento na pasta %ProgramData%\Kaspersky Lab\KES\Traces. Valores disponíveis:

    • 1 – rastreamentos ativados.
    • 0 – rastreamentos desativados (valor padrão).

    TRACESLEVEL

    Nível de detalhe dos rastreamentos. Valores disponíveis:

    • 100 (crítico). Apenas mensagens sobre erros fatais.
    • 200 (alto). Mensagens sobre todos os erros, incluindo erros fatais.
    • 300 (diagnóstico). Mensagens sobre todos os erros, bem como avisos.
    • 400 (importante). Todas as mensagens de erro, avisos e informações adicionais.
    • 500 (normal). Mensagens sobre todos os erros e avisos, bem como informações detalhadas sobre a operação do aplicativo no modo normal (padrão).
    • 600 (baixo). Todas as mensagens.

    AMPPL

    Ativa ou desativa a proteção do serviço Kaspersky Endpoint Security usando a tecnologia AM-PPL (Processo protegido leve do antimalware). Para obter mais detalhes sobre a tecnologia AM-PPL, visite o site da Microsoft.

    A tecnologia AM-PPL está disponível para os sistemas operacionais Windows 10 versão 1703 (RS2) ou posterior e Windows Server 2019.

    Valores disponíveis:

    • 1 – Proteção do serviço Kaspersky Endpoint Security usando a tecnologia AM-PPL ativada.
    • 0 – Proteção do serviço Kaspersky Endpoint Security usando a tecnologia AM-PPL desativada.

    RESTAPI

    Gerenciamento do aplicativo por meio da API REST. Para gerenciar o aplicativo por meio da API REST, você deve especificar o nome do usuário (parâmetro RESTAPI_User ).

    Valores disponíveis:

    • 1 – Gerenciamento via API REST permitido.
    • 0 – Gerenciamento via API REST bloqueado (valor padrão).

      Para gerenciar o aplicativo por meio da API REST, o gerenciamento usando sistemas administrativos deve ser permitido. Para fazer isso, defina o parâmetro AdminKitConnector=1. Se você gerencia o aplicativo por meio da API REST, é impossível gerenciar o aplicativo usando os sistemas de administração da Kaspersky.

    RESTAPI_User

    Nome de usuário da conta de domínio do Windows usada para gerenciar o aplicativo por meio da API REST. O gerenciamento do aplicativo por meio da API REST está disponível apenas para este usuário. Digite o nome do usuário no formato <DOMÍNIO>\<NomeDeUsuário> (por exemplo, RESTAPI_User=COMPANY\Administrator). Você pode selecionar apenas um usuário para trabalhar com a API REST.

    Adicionar um nome de usuário é um pré-requisito para gerenciar o aplicativo por meio da API REST.

    RESTAPI_Port

    Porta usada para gerenciar o aplicativo por meio da API REST. A porta 6782 é usada por padrão.

    RESTAPI_Certificate

    Certificado de identificação de solicitações (por exemplo, RESTAPI_Certificate=C:\cert.pem). A interação segura do Kaspersky Endpoint Security com o cliente REST requer a configuração da identificação da solicitação. Para fazer isso, é necessário instalar um certificado e, posteriormente, assinar a carga útil de cada solicitação.

    ADMINKITCONNECTOR

    Gerenciamento de aplicativos usando sistemas de administração. Os sistemas de administração incluem, por exemplo, o Kaspersky Security Center. Além dos sistemas de administração da Kaspersky, você pode usar soluções de terceiros. O Kaspersky Endpoint Security fornece uma API para essa finalidade.

    Valores disponíveis:

    • 1 – Gerenciamento de aplicativos com a ajuda de sistemas de administração permitido (valor padrão).
    • 0 – Gerenciamento de aplicativos permitido apenas pela interface local.

    Exemplo:

    setup_kes.exe /pEULA=1 /pPRIVACYPOLICY=1 /pKSN=1 /pALLOWREBOOT=1

    msiexec /i kes_win.msi EULA=1 PRIVACYPOLICY=1 KSN=1 KLLOGIN=Admin KLPASSWD=Password KLPASSWDAREA=EXIT;DISPOLICY;UNINST /qn

    setup_kes.exe /pEULA=1 /pPRIVACYPOLICY=1 /pKSN=1 /pENABLETRACES=1 /pTRACESLEVEL=600 /s

Após instalar o Kaspersky Endpoint Security, a licença de avaliação é ativada, a menos que você tenha fornecido um código de ativação no arquivo setup.ini. Uma licença de avaliação geralmente tem um termo curto. Quando a licença de avaliação expira, todos os recursos do aplicativo do Kaspersky Endpoint Security são desativados. Para continuar usando o aplicativo, você precisa ativar o aplicativo com uma licença comercial usando o Assistente de ativação do aplicativo ou um comando especial.

Ao instalar o aplicativo ou ao fazer um upgrade da versão do aplicativo no modo silencioso, o uso dos seguintes arquivos é suportado:

Para aplicar configurações dos arquivos setup.ini, install.cfg e setup.reg, coloque esses arquivos na pasta que contém o pacote de distribuição do Kaspersky Endpoint Security. Você também pode colocar o arquivo setup.reg em uma pasta diferente. Se fizer isso, será necessário especificar o caminho para o arquivo no seguinte comando de instalação do aplicativo: SETUPREG=<caminho para o arquivo setup.reg>

Início da página